Qual é a composição química do suor?

via Danoso.com.br

Aula de educação física: você é obrigado a correr pra lá e pra cá, tem de pular, fazer abdominais, flexões de braço pra no dia seguinte ficar dolorido. Mas o incoveniente principal acontece no mesmo dia – o suor. Que nojo, não? O pior é que muita gente tem vergonha de tomar banho no banheiro do colégio, aí já viu… Ficar com cheiro desagradável o resto do dia e ainda ser zuado por isso. Calma, você não tem culpa. São as glândulas sudoríparas as “vilãs”. Elas secretam o suor – mistura de cloreto de sódio (NaCl), água (sério mesmo?), 2-metilfenol (o-cresol) e 4-metilfenol (p-cresol), além de uréia e dejetos de nitrogênio. Vamos analisar cada composto separadamente.

via Abril.com.br

Cloreto de Sódio – o famoso “sal de cozinha”

Ocorre como mineral halita (sal rochoso), em salmouras naturais e na água do mar. Um composto iônico cristalino, o sal está presente em nosso organismo em solução.  Ele é o responsável pela manutenção de balanços eletrolíticos. Tal composto é formado pela união do cátion Na+ e o ânion Cl-. Essa ligação é tão forte, mas tão forte, que é necessária uma grande quantidade de calor para quebrá-la.

via Mundoeducacao.com.br

via Unisite.com.br

Água – o solvente universal

Líquido vital e o mais presente na Terra, o Ácido hidroxílico, Hidróxido de hidrogênio, Óxido de hidrogênio, Monóxido de diidrogênio ou simplesmente H2O está presente em nosso corpo com o objetivo de diluir sólidos, transportar nutrientes e resíduos por entre os vários órgãos e, constituindo o suor, regula a temperatura.

via Wikimedia.org

O-cresol e p-cresol – isômeros do Cresol

Os cresóis são um grupo de compostos químicos fenólicos manufaturados que também ocorrem normalmente no meio ambiente. Na forma pura são sólidos incolores, porém podem ser líquidos quando misturados. Os cresóis cheiram a medicamentos.

 

o-cresol | via Wikimedia.org

p-cresol | via Wikimedia.org

Única imagem de um cresol que achei | via Expo.21food.com

Uréia e nitrogênio – dejetos do organismo

A uréia é sintetizada no corpo de muitos organismos, como parte do ciclo do seu ciclo, ou a partir da oxidação de aminoácidos ou de amônia. Neste ciclo, os grupos amino doados pela amônia e L-aspartato são convertidos em uréia, enquanto que a L-citrulina ornitina, L-argininosuccinate e L-arginina são como intermediários. A uréia é encontrada dissolvida no sangue e é excretada pelos rins como um componente da urina. Além disso, uma pequena quantidade de uréia é excretada (juntamente com o cloreto de sódio e água) no suor. O nitrogênio da uréia (que constitui a maior parte do nitrogênio da urina), é proveniente da decomposição das células do corpo e também das proteínas dos alimentos.

Uréia | via Wikimedia.org

Mesmo assim, nada disso te livrará das aulas suadas de educação física. É a vida… hehehe

[fontes: Mundo Educação, Wikipédia 1, 2 e 3 (em inglês), Wikipédia (em português)]

Urea is synthesized in the body of many organisms as part of the urea cycle, either from the oxidation of amino acids or from ammonia. In this cycle, amino groups donated by ammonia and L-aspartate are converted to urea, while L-ornithine, citrulline, L-argininosuccinate, and L-arginine act as intermediates. Urea production occurs in the liver and is regulated by N-acetylglutamate. Urea is found dissolved in blood (in the reference range of 2.5 to 7.5 mmol/liter) and is excreted by the kidney as a component of urine. In addition, a small amount of urea is excreted (along with sodium chloride and water) in sweat.
About these ads

Sobre Davidson Lima

Adorador de nuvens, músico, protótipo de humorista, fã do seriado The Big Bang Theory e montador de cubos mágicos, sou eu, um Técnico em Química e graduando em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Mas vou além. Não preciso de Red Bull para que meus sonhos criem asas. Só isso mesmo.
Esse post foi publicado em ▪ Curiosidades Químicas e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Qual é a composição química do suor?

  1. Lucas disse:

    Matéria massa!
    Nossa, o que seria de nós sem a água?
    Graças a Deus que existe a água!

  2. Kydra disse:

    Gostei muito….
    Mas você conhece algum jeito de neutralizar esse cheiro presente no suor das axilas?

  3. junior disse:

    interessante

  4. DALAILAN disse:

    muito bom! mas qual seria a reação quimica (em formula), essa é a verdadeira duvida você poderia me ajudar?

    • Davidson Lima disse:

      Olha, Dalailan, não há reação química alguma no ato de transpirar, ao menos numa análise macroscópica. Nosso organismo elimina, como pode ler no artigo, água para regular a temperatura e impurezas como uréia. Seria mais um fenômeno físico que químico. Porém, a nível celular/particulado, uma série de estímulos originam tal reação em nosso corpo, o qual pode ocorrer em função da temperatura do ambiente, ansiedade (a sudorese – suor excessivo – pode ter ligação com algum transtorno da mente, como a falta de serotonina causa de depressão a TOC), infecção (gerando febre) ou simples nervosismo, no entanto estaríamos entrando em biologia, um assunto que não domino.

      Em suma, numa observação superficial, o suor é uma “reação física”.

  5. Andre disse:

    Pelo que analisei o mau cheiro no suor é causado pela Ureia. Esta relacionada a comida que ingerimos, temos que evita alimentos com ureia.ex: carne vermelha e praticar exercício físico para eliminar o exerço de ureia no sangue.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s