Quer saber quem eu sou?

Em caso positivo, delete tudo o que sabe de mim. Sim, isso mesmo. Apague. E apague de novo, se for necessário.

Espero que leia o texto abaixo com atenção.

. . .

Vivendo em uma das mais povoadas cidades do continente, existe um rapaz. Esse rapaz não é de tirar as melhores notas na faculdade, e nem estuda muito (embora devesse). Tem o péssimo hábito de chegar atrasado na primeira aula do dia. Quando deveria estar fazendo exercícios de cálculo, sai para dar uma volta, malha, toca um pouco de teclado ou então deita, confortavelmente, no sofá da sala, na busca inútil por entretenimento de qualidade. Há momentos que ele tenta se expressar, mas em vão; palavras misturam-se, embolam-se, adquirem nova interpretação e, daí, passam uma ideia completamente diferente da inicial. Na esperança de evitar esse tipo de falha, incrementa o discurso, tornando-o extremamente rebuscado. Com uma necessidade idiota de se sentir bem, questiona (às vezes sem entender por inteiro a posterior explicação) e argumenta, podendo iniciar diálogos que, já sabe, são perda de tempo ou então polêmicos.

Diferentemente da imagem passada através de suas palavras, ele é um ser humano, que erra (e muito), que comete gafes, que se preocupa em diferentes níveis com a opinião alheia, que é meio desengonçado e que dispõe de uma coleção de defeitos. No entanto, constantemente busca o melhoramento, nem sempre o obtendo.

Esse rapaz sou eu. E me sinto na necessidade de pedir desculpas a todos que, indiretamente, atrapalhei, ridicularizei e tentei impor algo que foge do meu domínio. Preciso entender, de uma vez por todas, que não sei tudo. Há uma série de coisas a serem aprendidas, novos conhecimentos que me serão úteis no futuro e que, por sua vez, definirão que tipo de profissional serei.

Sobre Davidson Lima

Adorador de nuvens, músico, protótipo de humorista, fã do seriado The Big Bang Theory e montador de cubos mágicos, sou eu, um Técnico em Química e graduando em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Mas vou além. Não preciso de Red Bull para que meus sonhos criem asas. Só isso mesmo.
Esse post foi publicado em Cumprimentos. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s