Tutorial: como se tornar um aluno melhor? (parte 7)

via romoldbooks.org

Devido a confusão que surgiu em posts anteriores, alterei o título dessa série, que era Como se tornar o melhor aluno da turma?. O antigo causou certa interpretação errônea por parte de alguns leitores do site, além de ter repercutido em minha vida acadêmica. Quero deixar claro que tudo o que foi dito nesta série se trata de atitudes que ou já estão sendo postas em prática, ou ainda as estou tentando fazer; elas, a meu ver, são ou serão importantes para melhorar estudantes do ensino médio, e a mim mesmo também.

Dito isto, hoje gostaria de falar sobre amigos. Não precisa ser aquele que vai na sua casa encher o saco todos os dias, nem mesmo quem você conhece desde que era um moleque melequento. Falo sobre pessoas que se importam com você, e que você deveria se importar também. Acredite, quando se convive com esse tipo de gente, nós ganhamos tanto apoio emocional quanto, obviamente, algum tipo de auxílio nos estudos.

Alunos se reunindo para estudar (e zoar depois) | via yaymicro.com

Quanto ao aprendizado, a amizade é mais do que necessária. Através de diálogos, nós trocamos ideias, analisando o ponto de vista alheio e retirando algo de útil desse processo. Às vezes falamos uma informação de um documentário visto há não sei quanto tempo, aí esse novo dado acaba respondendo a uma antiga indagação nossa, disso chegamos a um novo pensamento e, baseado nele, enunciamos um conhecimento recém-adquirido, que por sua vez poderá completar ideias de outros, e assim sucessivamente o saber passeia de boca em boca, de mente em mente.

Grupos de estudo

Eles são importantes por isso mesmo: da reunião de pessoas interessadas, por exemplo, com a resolução de algum exercício, caso você não o consiga concluir, alguém poderá te auxiliar. Ou então o contrário, com você ensinando alguém.

Universitários dialogando | via thecollegehelper.com

Pelo que tenho visto e vivido, a reunião com colegas/amigos para estudar só não pode ser considerada uma boa ideia se o que deve ser feito se resume a única e exclusivamente leitura (por exemplo, você tem que estudar – entenda como ler – determinado capítulo de química inorgânica para a prova na próxima semana). Aí o grupo não ajuda; pior, atrapalha! Aliás, em qualquer instante pode atrapalhar, visto que não é difícil começar uma brincadeira aqui, outra acolá, para dar início à falta de atenção, aí uma conversinha, aí uma zorra total, aí um evento culminando no fim do mundo. Por isso mesmo as zoações devem ser deixadas para outro instante.

Por fim, a sinceridade consigo mesmo quanto a não saber tudo só irá te beneficiar: você não precisa se sentir o sabichão só porque tira boas notas e foi convidado para dar uma força maior a um grupo de estudos. Como minha mãe, que é pedagoga e fã de Paulo Freire, sempre diz:

“Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.”

Esse post foi dedicado a um grande amigo da minha faculdade. Ele me ensinou o que é humildade, o que é se dedicar e fazer sacrifícios em prol de um objetivo maior, o que é manter o foco, o que é ser simples (e a não necessidade de utilizar uma linguagem complicada), e, o mais importante de tudo: o que é não desistir e tentar, dar o seu máximo, não importando o número de derrotas, até chegar onde se quer, mesmo que a realização do sonho seja extremamente difícil.

Obrigado. E obrigado a todos os meus amigos/colegas. Fanáticos, fanáticos =P

Sobre Davidson Lima

Adorador de nuvens, músico, protótipo de humorista, fã do seriado The Big Bang Theory e montador de cubos mágicos, sou eu, um Técnico em Química e graduando em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Mas vou além. Não preciso de Red Bull para que meus sonhos criem asas. Só isso mesmo.
Esse post foi publicado em ▪ Dicas pra estudar, Química:, Vestibular e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s